Play da radio

Play para ouvir pelo Internet Explore

domingo, 14 de agosto de 2011

Cacique e Pajé - Biografia

CACIQU~2Filhos de agricultores, Antônio Borges de Alvarenga, o Cacique, filho de Francisco Borges de Alvarenga e Joana Geraldina de Oliveira, nasceu em numa tribo às margens do Rio Vermelho, no município de Rondonópolis-MT, em 25 de março de 1935, e Roque Pereira Paiva, o Pajé, filho de Antônio Pereira Paiva e Cecília Verdoot, nasceu na mesma tribo em 22 de agosto de 1936 e faleceu em São Paulo-SP em 05 de março de 1994.

Cacique e Pajé nasceram na tribo às margens do Rio Vermelho, no município de Rondonópolis-MT, mas devido a uma epidemia de febre amarela, foram entregues pelo padre a dois boiadeiros que passavam por aquela região. Eles foram na comitiva levando a boiada e trouxeram os dois. Cacique foi adotado por Francisco Borges de Alvarenga e o Pajé por Antônio Verduti Paiva. O Pajé recebeu o nome de Roque Pereira Paiva. Cacique foi registrado em Monte Aprazível-SP. e Pajé em Bofete-SP, e regulavam a idade, eram da mesma tribo mas não eram irmãos. Lá tinha os Bororó e os Caiapó.

Antônio e Roque desenvolveram atividades artísticas e utilizaram diversos outros pseudônimos antes de formar a dupla Cacique e Pajé:
Antônio adotou de início o nome artístico de Peixoto e fez com João Rodrigues, a dupla "Peixoto e Peixinho". Gravaram na gravadora Centenário um "compacto duplo" no qual continha a música "Violeiro Franco" (Antônio Borges e Roque Pereira Paiva). Em seguida, adotou o nome de Rei do Gado e formou dupla com Peão Campeiro. A dupla "Peão Campeiro e Rei do Gado" lançou um LP em 1970 pela gravadora Califórnia, destacando-se entre outras a música "Arrependida" (Garcia e Zé Matão).

Em 1971, Antônio Borges gravou com João Antônio um LP pela Fermata. Pouco tempo depois, mudou seu nome artístico para Ferreirinha e fez dupla com João Ferreira: a dupla "João Ferreira e Ferreirinho".
Em 1977, reassumiu o nome artístico de Rei do Gado, juntou-se finalmente a Roque Pereira, que adotou o nome de Boiadeiro. E, com o pseudônimo de "Índios Caiapó", gravaram um LP pela Sonora. Era a dupla "Rei do Gado e Boiadeiro - Os Índios Caiapó".

E foi no ano de 1978, que nasceu a dupla chamada "Cacique e Pajé, ocasião na qual gravaram um LP pela Chantecler, com destaque para "Pescador e Catireiro" (Cacique e Carreirinho). No mesmo ano, participaram juntamente com Sérgio Reis e a Orquestra de Violeiros de Osasco-SP do histórico show promovido por Tonico e Tinoco no Teatro Municipal de São Paulo-SP, o qual também deu origem ao livro "Da Beira da Tuia ao Teatro Municipal". Aliás, foi Tonico e Tinoco que, tendo gostado da dupla, sugeriram o nome.

Cacique ficou sabendo que ele era realmente filho do cacique da Tribo Caiapó, enquanto que seu avô paterno havia sido um pajé (curandeiro) na mesma tribo.
Em 1979, fizeram sucesso com "Caçando e Pescando" (Cacique e Tangará) e "Deixa o Índio em Paz" (Cacique e Capitão Furtado). E, na década de 1980, lançaram mais 5 LPs, destacando-se, dentre outras, "Viola no Samba" (Rei do Mar e Cacique), "Poemas das Cordas" (Paulo Gaúcho e Zé Raimundo), "Cadê o Gato" (Cacique e Pajé) e "As Flores e os Animais" (Paraíso e José Fortuna).

Em 1983, Cacique e Pajé participaram do LP de Taiguara "Canções de Amor e Liberdade" interpretando com ele "Voz do Leste" (Taiguara). Disco esse, por sinal, extremamente emocionante, que foi o primeiro que Taiguara gravou após ter retornado do exílio no Uruguai.
Em 1985, quando do lançamento do 8º LP, com destaque para "Peão Sabido" (Cacique e Nhô Véio), Pajé foi vítima de um derrame que o obrigou a se afastar da dupla.

Seguiu-se um período de 3 anos no qual as apresentações continuavam, no entanto, Pajé apenas "dublava" e mal conseguia cumprimentar o público. Cacique também era ajudado pelo Rocha da dupla "Rocha e Umuarama", pelo Zé Matão e também pelo Odilon (o mesmo que já formou dupla com Tião do Carro), nas apresentações em que o Pajé não tinha condições de se apresentar.

Em 1993, Cacique também passou mal, com problemas cardíacos e necessitou de cirurgia. Seguiu-se um periódo de extremas dificuldades, em que ambos os integrantes da dupla foram ajudados pelos irmãos de sangue (que integravam a dupla "Caiuê e Caiapó"), os quais chegaram a "interpretar" Cacique e Pajé, já que Cacique chegou a praticamente perder a voz.

Além de "Caiuê e Caiapó", Odilon e Zé Matão também "dublavam" Cacique e Pajé nas apresentações da dupla. E, nesse período, diversos "Pajés" também cantaram ao lado de Cacique, dentre eles, Luiz Mariano, Zé Nobre e Pedrinho Tamim, até que Roque Pereira Paiva, o Pajezinho, como é carinhosamente chamado pelo Cacique, veio a falecer tragicamente, no ano de 1994, após ter perdido a voz, sofrido dois derrames, além de ter tido braço e perna direitos amputados. "Pajézinho" deixou a esposa com oito filhos.

Cacique, desiludido, tinha a informação médica de que não mais voltaria a cantar. Nessa ocasião, Cachoêra (José Pereira de Souza), que era músico do estúdio, também deu uma força e cantou algum tempo no lugar do Pajé, tendo inclusive gravado dois discos.
Cachoêra substituiu o Pajé na dupla, que prosseguiu com o mesmo nome e lançou novo LP pelo selo Disco de Ouro, com destaque para "Barretos Não Faz Feio" (Cacique, Lourival dos Santos e João Macedo).
De acordo com Cacique, o Pajezinho é que arranjava os 'Pajé' pra ele. Ele ouvia e indicava. Mas, depois que ele morreu, ele ficou com o Cachoêra.

O Geraldo Aparecido da Silva "Pajé atual" ele já conhecia, ele é meio primo seu.
Geraldo Aparecido da Silva, filho da índia Joana Dias Barbosa, nasceu em Itapuí-SP, às margens do Rio Tietê, no dia 29 de julho de 1943. O esposo de Joana era boaideiro e também catireiro e muito bom violeiro, de acordo com Geraldo, que passou a ser o Pajé a partir do ano de 1997.

Geraldo já havia feito dupla com João Goiano e integrou também o "Trio Andorinha". E foi numa apresentação desse trio que nasceu a nova dupla Cacique e Pajé, como a conhecemos nos dias atuais. Após Geraldo Aparecido ter cantado junto com Antônio Borges, diversas pessoas presentes abraçaram os dois e disseram que era "... a melhor dupla depois do primeiro Pajé..." Dentre os presentes, estavam Pedro Jacob e também o compositor Aleixinho.

Antônio Borges e Geraldo Aparecido, a nova dupla "Cacique e Pajé" gravaram então um CD contendo somente Modas de Viola. E foram mais 6 CD's e diversos shows que vieram depois.
Antônio Borges e Geraldo Aparecido mantém-se em plena atividade com o nome "Cacique e Pajé".

Texto: Sandra Cristina Peripato

Fonte: www.boamusicaricardinho.com

PEÃO CAMPEIRO (Mulatinho) E REI DO GADO - FILHO DO FERREIRINHA - 1970 – CALIFÓRNIA

O Peão Campeiro (João Antonio) também foi o Mulatinho da Dupla João Mineiro e Mulatinho (1961), Peão Carreiro e Mulatinho (1969, 1970) e Pião do Carro e Mulatinho (1982).


1) Nortista Sertanejo - Siqueirinha e João Rodrigues
2) Arrependida - Garcia e Zé Matão
3) Filho do Ferreirinha - Rei do Mar e Nhô Zé
4) Vagando pelo Mundo - Garcia e Zé Matão
5) Rei dos Pescadores - Pedrão e Ataíde de Oliveira
6) Perdi Meu Amor - João P. da Silva e Carlinhos
7) Violeiro Querido - Nhô Quinca e João Rodrigues
8) Caboclo Sertanejo - Rei do Gado e Lício
9) Padecimento - Carreirinho
10) Sertanejo Solitário - Zé Carreiro e Carreirinho
11) Barco Sem Destino - Zé Carreiro e Carreirinho
12) Boneca Paraguaia - Pedrão e Sebastião Víctor

PEÃO DE OURO E BOIADEIRO (Pajé) - POBRE NÃO TEM VEZ  (1971)


1) Estrela D'Alva - Retrato, Retrói e Sebastião Mavel
2) Macumbeiro - Teddy Vieira e Arlindo Pinto
3) Não Quero Nem Saber - Eugênio Alves e Rei do Mar
4) Peão Estradeiro - Zé Gregório
5) Pensando eu Vejo - João Rodrigues e Pavão do Norte
6) Pirangueiro - Nenete e Marumby
7) Pobre Não Tem Vez - Ângelo de Lima
8) Quebra, Quebra - Antonio Pereira e Tião Brasil
9) Se Ela Voltar - Manuel C. Abreu e Tião Goiano
10) Três Magos do Oriente - Sebastião Brás e Nascim Filho
11) Vem Meu Amor - Carreirinho e J. Vasco
12) Voltei a Ser Feliz - B. Amorim

JOÃO FERREIRA E REIDO GADO (Cacique) OS REIS DA CHIBATA (1971)

joaoferreira_reidogado

01 Saravá
02 Chega
03 Linda Paraguaia
04 Flor De Minas
05 Violeiro Querido
06 Fandango Mineiro
07 Pedaço De Minha Vida
08 Viola No Samba
09 As Conquistas de Pelé
10 Estou
11 Não Deves Recordar
12 Minha Mensagem

Infelizmente não temos os autores/compositores dess álbum

JOÃO FERREIRA E FERREIRINHO (Cacique) - SERTÃO BRASILEIRO - 1975


1) Evoluindo Sempre - João Ferreira e Sebastião Victor
2) Glória a Deus nas Alturas - João Ferreira e Quintino Eliseu
3) O Papo Furou - João Ferreira e Zé Matão
4) Piraquara - João Ferreira e Ferreirinho
5) O Primeiro Patrão - João Ferreira e Antônio Pereira
6) Recordação - João Ferreira e Quintino Eliseu
7) Sucesso na Praça - João Ferreira e Quintino Eliseu
8) Despedida - João Ferreira e Quintino Eliseu
9) Cai-Cai - João Ferreira e Quintino Eliseu
10) O Mineiro de Gramangol - João Ferreira e Quintino Eliseu
11) Pensando eu Vejo - João Ferreira e Ferreirinho
12) Sombra e Água Fresca - João Ferreira e Jordão

REI DO GADO E BOIADEIRO - RANCHO QUARTO DE MILHA


1) Rancho Quarto de Milha - Rei do Gado e Boiadeiro
2) Minha Palhoça - Rei do Gado e Boiadeiro
3) Pescador e Catireiro - Cacique e Carreirinho
4) Vida de Caboclo - Zé Carreiro e Pedrão
5) Rainha da Flora - Cacique e Francisco do Carmo
6) Índia Mulata - José de Souza e Gonçalo Roque
7) Brasil pra Frente - Rei do Gado e Santo Marasatti
8) Sou Igual um Passarinho - Nonô Basílio
9) Pedaço de Minha Vida - Raul Torres
10) A Menina e a sucuri - Cacique e Martins Neto
11) Princesa Encantada - Cacique e Antonio C. de Santana
12) Lição de Violeiro - Rei do Gado, Galho Velho e Rocha

CACIQUE E PAJÉ - 1978


1) Pescador e Catireiro - Cacique e Carreirinho
2) Não me Fale de Amor - Tião do Carro
3) Rabicho - Cacique
4) Tua Decisão - Cacique e Valter O. dos Santos
5) O Milagre do Batismo - Cacique e Tião do Carro
6) Trocadilho Sertanejo - Cacique e Antonio C. de Santana
7) Povo de Goiás - Cacique
8) Revivendo Mato Grosso - Cacique e Tonico
9) Ciumento - Tião do Carro e Roberto Nunes
10) Vida de Caboclo - Zé Carreiro e Pedrão
11) Rapaz de Gosto - Cacique e Pajé
12) O Granfino e o Boiadeiro - Tião do Carro

CAÇANDO E PESCANDO - VOLUME 2 - 1979


1) Caçando e Pescando - Cacique e Tangará
2) Boiadeiro do Mar - Tião do Carro e Moacyr dos Santos
3) Sou Igual a um Passarinho - Nonô Basílio
4) Minha Palhoça - Cacique e Boiadeiro
5) Mulher de Minha Vda - Roberto Nunes e Tião do Carro
6) Deixe o Índio em Paz - Capitão Furtado e Cacique
7) Morena Bonita - Cacique e Chicão Pereira
8) O Patrão e a Secretária - Lourival dos Santos e Miltinho Rodrigues
9) O Direito de Nascer - Zé Batuta
10) Canoeiro - Zé Carreiro e Alocim
11) Mariposa do Amor - Torrinha e Canhotinho
12) A Menina e a sucuri - Cacique e Martins Neto
13) Princesa Encantada - Cacique e Antonio C. de Santana
14) Ninguém Vive sem Amor - Luiz de Castro e José David Vieira

POEMA DAS CORDAS - VOLUME 3 - 1980


1) Poema das Cordas - José Raimundo e Gaúcho
2) O Homem das Províncias - Tony Damito
3) Moça Bonita - Zé Batuta e Lourival dos Santos
4) Estrela D'alva - Sebastião Malvez, Retrato e Retróis
5) O Boiadeiro e a Viola - Cacique, Lolito e Negrão da Costa
6) Rancho Quarto de Milha - Cacique, Antonio C. de Santana e Pajé
7) Velho Peão - João Ferreira e Lino Filho
8) Macaco Velho - Zé Batuta e Ari Guardião
9) Pescador Caprichoso - Cacique, Pajé e Tony Damito
10) Puro Brasileiro - Cacique
11) Zé Neguinho - Zé Batuta e Sebastião Aragon Dias
12) Rainha da Flora - Cacique e Francisco do Carmo

OS ÍNDIOS E A VIOLA - 1981


1) Poeta Competente - Zé Batuta
2) Mulher do Cachaceiro - Tião do Carro e Moacyr dos Santos
3) Pensando eu Vejo - João Ferreira e Ferreirinho
4) Silêncio na Aldeia - Cacique e Crisóstomo
5) Alicerce Poderoso - Cacique e Lolito
6) O Chifre do Boi Soberano - Cacique, G. Sampaio e José Rosa
7) A Lenda do Caipora - Sulino
8) Briga de Mulher - Praense
9) Mosca Branca - Cacique e Jesus Belmiro
10) Se os Animais Falassem - Biguá, Taubaté e Teodomiro
11) Do que o Boiadeiro Gosta - J. dos Santos e Zé Fortuna
12) O Folgazão e o diabo - Aleixinho e Athos Campos

AS FLORES E OS ANIMAIS - 1982


1) Serpente Traiçoeira - Jesus Belmiro e Cacique
2) Pra Quebrar o Jejum - Athos Campos e Aleixinho
3) Amigo Incerto - Tião do Carro e João Mulato
4) Quem dá Amor Recebe Amor - Nonô Basílio
5) Resto de Comida - Sulino e Moacyr dos Santos
6) Cultura e Sabedoria - José Fortuna e J. dos Santos
7) As Flores e os Animais - José Fortuna e Paraíso
8) Filho de Caiapós - Cacique e Eduardinho
9) Cuitelo Mensageiro - J. Santana, Pajé e Moacyr dos Santos
10) Um Pedaço de Minha Vida - Raul Torres
11) O Grito - Jesus Belmiro, Cacique e Pajé
12) Os Mandamentos da Vida - Cacique e Quintino Eliseu

CADÊ O GATO - 1983


1) Mão Fechada - Moacyr dos Santos e Chico Vieira
2) Cidade Moderna - Moacyr dos Santos, Tião do Carro e Pajé
3) Rainha da Festa - Jesus Belmiro e Cacique
4) Filatelista Caboclo - Joaquim Neves, Cacique e Tonico Martins
5) Piraquara - Ferreirinho e João Ferreira
6) Velho Berrante - Sulino e Hamilton Carneiro
7) Cadê o Gato - Cacique e Pajé
8) Laço da Saudade - Jesus Belmiro e Cacique
9) Despedida - Ferreirinho e João Ferreira
10) Risco da Paixão - Jesus Belmiro, Pajé e J. dos Santos
11) Conselho de Violeiro - Cacique, Rocha e Caio Véio
12) Os Dois Ííndios Violeiros - Cacique e Antonio Teodoro

CACIQUE E PAJÉ - 1983


1) Viola no Samba - Rei do Mar e Cacique
2) Guerra de Amor - Jesus Belmiro e Mulatinho
3) Bonito de Santa Fé - Cacique e João Rodrigues
4) Vara de Ferrão - Jesus Belmiro e Cacique
5) O Ííndio Também é Gente - Vicente P. Machado e Dino Franco
6) Menino Jesus - Pajé e Chicão Pereira
7) Encontro Fatal - Carreirinho e José Vicente
8) Saravá - Cacique e Zé Matuto
9) Pezinho de Anjo - Moacyr dos Santos e Tião do Carro
10) Retrato da Mãe Amorosa - Tanabi
11) Mão de Vaca - Paraíso e Moacyr dos Santos
12) Guerreiros Caiapós - Jesus Belmiro e Cacique

PEÃO SABIDO - 1985


1) Peão Sabido - Cacique e Nhô Véio
2) Conselho de Patrão - Quintino Eliseu, Cacique e Pajé
3) Abrindo Picada - Jesus Belmiro e Cacique
4) Patriota - Tião do Carro e José Caetano Erba
5) Viola Caipira - Cacique, Clemete e Adolfo
6) O Lixeiro e o Doutor - Tião do Carro e José Caetano Erba
7) Quebra Galho - Vicente Dias, Luiz de Castro e Cacique
8) Desejo de um Poeta - Cacique, Jesus Belmiro e Tonico Martins
9) Brincando de Esconder - Carreirinho
10) Índio na Cidade - Antonio Teodoro, Cacique e Mulatinho
11) Violeiro Cobiçado - Nhô Véio e Cacique
12) Minha Sitioca - Décio dos Santos e Mulatinho

OS GRANDES SUCESSOS - 1988


1) Canoeiro - Zé Carreiro e Alocin
2) Pescador e Catireiro - Cacique e Carreirinho
3) Cadê o Gato - Cacique e Pajé
4) Índio na Cidade - Antonio Teodoro, Cacique e Mulatinho
5) O Lixeiro e o Doutor - Tião do Carro e José Caetano Erba
6) As Flores e os Animais - José Fortuna e Paraíso
7) Mulher do Cachaceiro - Tião do Carro e Moacyr dos Santos
8) Caçando e Pescando - Cacique e Tangará
9) O Ííndio Também é Gente - Vicente P. Machado e Dino Franco
10) O Milagre do Batismo - Cacique e Tião do Carro
11) Despedida - Ferreirinho e João Ferreira
12) Briga de Mulher - Praense

CACIQUE E PAJÉ – 1989 (Última gravação de Roque Pereira Paiva – Pajé)

1) Baixinha - José Felipe e Paulo Gaúcho
2) Índio Tupy - Cacique e Taubaté
3) Dupla Saudade - Jesus Belmiro, Cacique e Tião Carreiro
4) Violeiro Marrudo - Nonô Basílio
5) Paraná do Norte - Palmeira e Luizinho
6) O Trouxa e a Fera - José Caetano Erba e Pajé
7) Bom Jesus de Pirapora - Serrinha e Ado Benati
8) Doidão de Amor - Tião do Carro e Cacique
9) Inquilina de Violeiro - João Gonçalves, Cacique e Tomaz
10) Futebol de Amor - Tião do Carro e Nhô Chico
11) Curtindo a Saudade - Zé Matão e Pajé
12) Saudade Não Tem Cor - Jesus Belmiro e Cacique

O CANTO DA TERRA - 1994


1) Rabicho - Cacique
2) Cadê o Gato - Cacique e Pajé
3) Mão Fechada - Moacyr dos Santos e Chico Vieira
4) O Homem das Províncias - Tony Damito
5) Macaco Velho - Zé Batuta e Ari Guardião
6) Pescador Caprichoso - Cacique, Pajé e Tony Damito
7) Canoeiro - Zé Carreiro e Alocin
8) Pescador e Catireiro - Cacique e Carreirinho
9) Povo de Goiás - Cacique
10) Caçando e Pescando - Cacique e Tangará
11) Laço da Saudade - Jesus Belmiro e Cacique
12) Estrela D'alva - Sebastião Malvez, Retrato e Retróis
13) Poema das Cordas - José Raimundo e Gaúcho
14) Zé Neguinho - Zé Batuta e Sebastião Aragon Dias
15) Morena Bonita - Cacique e Chicão Pereira
16) Minha Palhoça - Cacique e Boiadeiro

SOM DA TERRA - 1994


1) Peão Sabido - Cacique e Nhô Véio
2) Abrindo Picada - Jesus Belmiro e Cacique
3) Vara de Ferrão - Jesus Belmiro e Cacique
4) O Milagre do Batismo - Cacique e Tião do Carro
5) Viola no Samba - Rei do Mar e Cacique
6) Bonito de Santa Fé - Cacique e João Rodrigues
7) Pensando eu Vejo - João Ferreira e Ferreirinho
8) Rainha da Festa - Jesus Belmiro e Cacique
9) Laço da Saudade - Jesus Belmiro e Cacique
10) Puro Brasileiro - Cacique
11) Rainha da Flora - Cacique e Francisco do Carmo
12) O Grito - Jesus Belmiro, Cacique e Pajé
13) Mosca Branca - Cacique e Jesus Belmiro
14) Minha Palhoça - Cacique e Boiadeiro
15) Princesa Encantada - Cacique e Antonio C. de Santana
16) Pescador Caprichoso - Cacique, Pajé e Tony Damito

DOSE DUPLA - VOL. 2


1) Poeta Competente - Zé Batuta
2) Mulher do Cachaceiro - Tião do Carro e Moacyr dos Santos
3) Pensando eu Vejo - João Ferreira e Ferreirinho
4) Silêncio na Aldeia - Cacique e Crisóstomo
5) Alicerce Poderoso - Cacique e Lolito
6) O Chifre do Boi Soberano - Cacique, G. Sampaio e José Rosa
7) A Lenda do Caipora - Sulino
8) Briga de Mulher - Praense
9) Mosca Branca - Cacique e Jesus Belmiro
10) Se os Animais Falassem - Biguá, Taubaté e Teodomiro
11) Do que o Boiadeiro Gosta - J. dos Santos e Zé Fortuna
12) O Folgazão e o diabo - Aleixinho e Athos Campos
13) Caçando e Pescando - Cacique e Tangará
14) Boiadeiro do Mar - Tião do Carro e Moacyr dos Santos
15) Sou Igual a um Passarinho - Nonô Basílio
16) Minha Palhoça - Cacique e Boiadeiro
17) Mulher de Minha Vda - Roberto Nunes e Tião do Carro
18) Deixe o Índio em Paz - Capitão Furtado e Cacique
19) Morena Bonita - Cacique e Chicão Pereira
20) O Patrão e a Secretária - Lourival dos Santos e Miltinho Rodrigues
21) O Direito de Nascer - Zé Batuta
22) Canoeiro - Zé Carreiro e Alocim
23) Mariposa do Amor - Torrinha e Canhotinho
24) A Menina e a sucuri - Cacique e Martins Neto
25) Ninguém Vive sem Amor - Luiz de Castro e José David Vieira

COM AS MELHORES VIOLAS DO BRASIL - 1995


1) Escravo Branco - João Gonçalves, Cacique e Jetro Durval
2) Índio Violeiro - Cacique e Jesus Belmiro
3) O Índio e o Doutor - José Ulissis Tabachini, Mandril e Toninho Baurú
4) Laço Reforçado - Bergamim, César e Cacique
5) Menina Louca pra Namorar - José Ulissis Tabachini e João Gonçalves
6) Protesto - Cacique, Poeta e Paulo Azarias
7) Caminhoneiro Amigo - Teixeirinha
8) Barreto não Faz Feio - Lourival dos Santos, João Macedo e Cacique
9) O Chupim - Cacique e Cláudio Rodrigues
10) O Ladrão e a Bíblia - Moacyr dos Santos e Belmiro
11) Saudade do Berrante - Antonio Leonor Durante, José Ulissis Tabachini e Toninho Baurú
12) Canção Minha - Pajé e João Gonçalves

A FORÇA DA VIOLA - 1996


1) Índio Patachó - Cacique e Jesus Belmiro
2) Somente Ciúme - Sebastião Malves, Geraldo L. Mendes, Antonio L. Durante e Cacique
3) Torto Também é Certo - Demério de Oliveira e Cacique
4) Se Ela Voltar - Zé Matão, Oswanil V. Pinto e Cacique
5) Tributo à Lourival - Demério de Oliveira e Cacique
6) A Força do Coração - Adivaldo Dias, José Ulisses e Cacique
7) Colibri - Carreiro, Oswanil V. Pinto e Oswaldo Gaspar
8) Joio no Trigo - Jesus Belmiro, Geraldo L. Mendes e Cacique
9) Brisa Mensageira - Demério de Oliveira e Cacique
10) Filho de Ííndio - Zé do Cais, Cacique, Bergamim e Tonico Martins
11) Meu Paraíso - Rodrigo Alessandro Tabacchini, Afonso E. Bento e Geraldo Ferreira
12) Peão Zé Ribeiro - Caetano Erba, Cacique e Luiz Mariano
13) Bonito Avião - Aleixinho, Antonio L. Duarte e Cacique
14) Última Mancada - Aleixinho, Oswanil V. Pinto e Cacique
15) Antes de Casar Sara - João Gonçalves, Cacique e Luiz Mariano
16) A Força da Viola - Cacique e Aleixinho
17) Brasileiro Puro - Poeta, Jacira Amaral e Luiz Pingueiro

MODÃO DE VIOLA - VOLUME 1 - 1997


1) Travessia do Araguaia - Dino Franco e Décio dos Santos
2) Professor Galdino Chagas -
Cacique e Caetano Erba
a Pioneira -
Cacique, Demério de Oliveira e Luiz Pingueiro
4) Campo de Batalha -
Cacique e Caetano Erba
5) Casa de Infância -
Cacique, Caetano Erba e Luciano
6) Meu Passado, Minha Vida -
Cacique, José Ulisse e Arisvaldo Dias
7) Saudoso Doutor José -
8) Fazenda do Braga -
Caetano Erba, Cacique e Russo
9) Cabritinha de Ouro -
Cacique, Caetano Erba e Da Costa
10) São Benedito -
Cacique, Nil e Valão
11) Vaca Maiada -
Cacique, Nil e Caetano Erba
12) Mulher do Cachaceiro -
Tião do Carro e Moacyr dos Santos

BRASIL 500 ANOS - 2000


1) Pescador e Catireiro - Cacique e Carreirinho
2) Brasil 500 Anos - Caetano Erba, Cacique e Pajé
3) Nós Três - Aristides Baldi, Chico Boiadeiro e Cacique
4) Me Abrace Agora - Emestênio Porto da Silva, Nil e Cacique
5) Minha Paquera - Advaldo Dias, José Ulisses e Cacique
6) Amigo do Copo - Aleixinho, Cacique e Pajé
7) Cara Dura - Advaldo Dias, José Ulisses e Afonso Bento
8) Santa Cruz dos Milagres - Jesus Belmiro, Cacique e Toninho
9) Pó de Mico - Domérico de Oliveira, Cecílio B. da Silva e Cacique
10) Caminhoneiro Abençoado - Advaldo Dias, Rodrigos Matos e Cacique
11) Velho Arado - Caetano Erba, Cacique e Russo
12) Consulte Sempre um Caipira - Caetano Erba, Cacique e Da Costa
13) Meu Jeito de Pensar - Advaldo Dias, Rodrigos Alessandro e Paulo Fabrício

MODÃO DE VIOLA - VOLUME 2 - 2001


1) O Velho Jequeitibá - Aleixinho, Cacique e Pajé
2) O Milagre do Batismo - Cacique e Tião do Carro
3) Oi Morena - Cacique e Pajé
4) Rainha da Flora - Cacique e Francisco do Carmo
5) Mosca Branca - Cacique e Jesus Belmiro
6) Resto de Comida - Moacyr dos Santos e Sulino
7) Princesa Encantada - Cacique e Antonio Correia
8) Os Mandamentos da Vida - Cacique e Quintino Eliseu
9) Poeta do Serrado - Geraldo Correia, Caetano Erba e Cacique
10) O Boiadeiro e a Viola - Cacique, Lolito e Negrão da Costa
11) Minha Terra Minha Gente - Jair Barbosa, Cacique e Favotto
12) Sebastião Gomes - Caetano Erba, Cacique e Fernando Gaspar
13) Roldão Bueno - Caetano Erba, Cacique e Alexandre Nunes
14) Violeiro Franco - Cacique e João Rodrigues

PEÃO DE AÇO - 2002

1) Peão de Aço - Adão Nilton, Cacique e Nil
2) Irmãos Caminhoneiros - Cacique e Antonio Teodoro
3) Índios do Brasil - Cacique e Aleixinho
4) Minha Mãe e a Loba - Adão Nilton, Cacique e Nil
5) Cobra Enrolada - José Caetano Erba e Cacique
6) Meu Lugar é na Roça - Cacique e Aleixinho
7) O Coreto - Nelson Gomes e Cacique
8) Dose de Amor - Cacique e Aleixinho
9) O Homem de Sorte - José Caetano Erba, José Luiz e Cacique
10) Sagrado Momento - Adão Nilton e Cacique
11) Lobisomem - Cacique, Pajé e Paulo Azarias
12) Nós só Podemos Sonhar - Cacique, Domério de Oliveira e Meire Parce
13) Filas que Nunca se Acabam - Cacique e Domério de Oliveira
14) Mulatinho - Nil, Toninho Bauru e Cacique

DUAS VIOLAS, DUAS VOZES, UM SÓ CORAÇÃO - 2003


1) Vaca Preta - Jesus Belmiro e Cacique
2) Deixa o Índio em Paz - Capitão Furtado e Cacique
3) Homem do Mistério - Geraldo Carreiro, Nil e Cacique
4) Pescador e Catireiro - Cacique e Carreirinho
5) A Cilada - Aleixinho, Cacique e Pajé
6) Bonito de Santa Fé - Cacique e João Rodrigues
7) Ela e o Sogro - Cacique e Zé Fortuna
8) Viola no Samba - Cacique e Rei do Mar
9) Sertanejo Feliz - Cacique e Nelson Gomes
10) Morena Bonita - Cacique e Chicão Pereira
11) Pó da Saudade - Cacique, Adão Nildo e Arimatéia
12) Velho Arado - Caetano Erba, Cacique e Russo
13) Venha Logo sem Demora - Domério de Oliveira, Cacique e Nil
14) Fazenda do Braga - Caetano Erba, Cacique e Russo
15) Disco Voador - Palmeira
16) Cabelo Loiro - Zé Bonito e Tião Carreiro
17) Pequeno Não é Pedaço - Izaltino Gonçalves e Donizete Luiz
18) Morena dos Olhos Pretos - Sulino e Teddy Vieira
19) Couro de Boi - Teddy Vieira e Palmeira
20) Meu Reino Encantado - Waldemar de Freitas Assunçãoe Vicente P. Machado

CACIQUE E PAJÉ - 2004


1) Pescador Meia Tigela - Cap. Jorge, Cacique e Nil
2) Negrinha Linda - Nhô Chico e Cacique
3) Bate Papo - Nhô Chico e Cacique
4) Milagre da Fé - Nhô Chico e Cacique
5) Bronca de Caboclo - Nhô Chico e Cacique
6) Reencontro - Nhô Chico e Cacique
7) Carolina - Nhô Chico e Cacique
8) Tudo por Dentro - Nhô Chico e Cacique
9) Moda do Tempo - Nhô Chico e Cacique
10) Crime da Melancia - Nhô Chico e Cacique
11) Pagode do "P" - Nhô Chico e Cacique
12) Nescimento e morte - Nhô Chico e Cacique
13) Meu Agradecimento - Nhô Chico e Cacique
14) Mulher Misteriosa - Martins Neto, Cacique e Nil

NOSSO LUGAREJO - 2006


1) Nosso Lugarejo - Cacique e Nil
2) Última Mancada - Cacique e Aleixinho
3) A Indigente - Cacique e Aleixinho
4) São Paulo Antigo - Cacique e Caetano Erba
5) Cabrita de Ouro - Cacique, Caetano Erba e Da Costa
6) Casa de Infância - Cacique, Caetano Erba e Luciano
7) Vaca Malhada - Cacique, Nil e Caetano Erba
8) Campo de Batalha - Cacique e Caetano Erba
9) Professor Galdino - Cacique e Caetano Erba
10) Roldão Bueno - Cacique, Caetano Erba e Alexandre
11) São Benedito - Cacique, Nil e Valão
12) Meu Passado, Minha Vida - Cacique, José Ulisse e Arisvaldo Dias
13) Recanto dos Violeiros - Cacique e Ademar Braga
14) Tributo à Lourival - Cacique e Demério de Oliveira
15) Bonito Avião - Cacique, Aleixinho e Toninho Piedi
16) Sebastião Gomes - Cacique, Caetano Erba e Fernando Gaspar
17) Cavalo de Estimação - Cacique, Nil e Martins Neto
18) Égua Rosia - Cacique, Nil e Cido Garoto
19) O Velho Jequetibá - Cacique e Aleixinho
20) Inezita Pioneira - Cacique, Demério de Oliveira e Luiz Pingueiro

O BOM PESCADOR


1) Trapaceiro - Cacique, Elio Bueno e Aureo
2) O Bom Pescador -
Cacique, Ademar Braga e Nil
3) Crendice -
José Calisto, Cacique e Marinho
4) Carente de Amor -
Cacique, Elio Bueno e Aureo
5) Casinha Velha -
Cacique e Ademar Braga
6) O Violeiro e o Acadêmico -
Cacique, Antonio Teodoro e Aureo
7) Amor em Jogo -
Cacique, L. Almeida e Aureo
8) Maria Fumaça -
Cacique, Zé da Praça e Nil
9) Viola -
Cacique e Tonico Martins
10) O Som da Minha Chibata -
Cacique e Ademar Braga
11) A Frentista -
Pajé, Cacique e Josenil
12) Morada do Matuto -
Cacique, Antonio Teodoro e Wilson Balsaneli
13) Cara de Zé Mané -
Cacique, Antonio Teodoro e Nil
14) Conselho de Pai -
Cacique, Antonio Teodoro e Nil
15) Nostalgia do Caboclo -
Cacique, Antonio Teodoro e Luiz O.Balsaneli
16) Punhado de Amor - Cacique, Antonio Erba e Wilson Basaneli

Um comentário:

  1. muito boa tarde, Sebastião!
    Adorei o seu blog. Eu procurava informações sobre Cacique e Pajé, ganhei um cd de uns amigos(este Modão de viola vol II) e fiquei apaixonada por tudo, principalmente pela "Princesa encantada", que letra linda, rica! Eu não sabia da história deles, muito obrigada por informações tão preciosas sobre nossa música de raiz! É isso que somos, um povo ligado à Terra.Toco violão e estou estudando viola. Espero que ela me escolha(dizem q a viola é que escolhe o violeiro, não é?)Muito boa sorte e um grande abraço!

    ResponderExcluir